Razões para não comer em fast food


Antes de mais nada o fast food é uma alimentação enganosa, ela mata a fome temporariamente, e muitas vezes você se alimenta, se sente satisfeito e pouco tempo depois está com fome.  Mas as calorias e ainda todos os complementos ficam no seu organismo e se transformam diretamente em gordura. Por isso veja algumas informações a seguir para não seguir esta tendência. Os ingredientes não identificados Em um hambúrguer é impossível você conseguir identificar todos os ingredientes, seria uma grande surpresa se você soubesse toda a quantidade de conservantes, corantes e ainda o glutamato de sódio que servem para ressaltar o seu valor. São combinações terríveis e que fazem muito mal para a saúde, por isso não existem benefícios para consumir este tipo de alimento. A baixa qualidade Certamente isto não é nenhuma novidade, o fast food normalmente não prepara os seus alimentos com a melhor qualidade, você já deve ter comido hambúrgueres emborrachados, alface murcho, frango com um sabor não normal e duro, isto é a qualidade dos produtos que não vem nada bem, por isso atenção. A insegurança Praticamente todos os restaurantes de fast food contratam pessoas que não tem capacidades suficientes para manter os alimentos e os preparar. A culpa realmente não é sua, as empresas procuram vender, mas não capacitam seus profissionais. Certamente em algumas vezes você está comendo um hambúrguer que foi feito por alguém que não lavou as mãos, se você pensar nisto certamente não seguiria comendo.

Grandes quantidades de gorduras trans As batatas, os peixes e o frango frito são as melhores fontes de gorduras trans. O organismo não pode eliminar este tipo de gordura o que aumenta o colesterol mal e desencadeiam ataques cardíacos ou ainda outros problemas mais graves. Como resultado de tudo isto temos a obesidade, e por isso para evitar problemas sérios de saúde que podem inclusive levar á morte é fundamental que se tenha uma dieta saudável para que você viva mais e melhor. Os malefícios destes compostos para o organismo Todas as gorduras utilizadas neste tipo de produto, as gorduras saturadas aumentam níveis de colesterol, provocando assim coágulos nas artérias e ainda aumentam os riscos de doenças coronárias. Todo o excesso de açúcares nestes alimentos é um grande motivo de preocupação, e não apenas pelo reconhecido impacto na sua saúde dentária, mas nas ligações diretas quanto a obesidade, as doenças cardíacas e até mesmo ao câncer. Além disto o sal em excesso é o grande responsável por todo o aumento de pressão arterial e ainda aumenta todos os riscos de ataques do coração. Por isso é fundamental tentarmos gradativamente diminuir ao máximo este tipo de alimentação e começar a ver este tipo de comida como uma alternativa muito eventual e esporádica e não algo frequente, vale também procurar por boas alternativas de dietas normais e acima de tudo saudáveis para as nossas vidas todos os dias.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF